Passo a passo para imigrar para o Canadá

Elaboramos um manual simplificado para os interessados em imigrar para o Canadá

Todos os anos, imigrantes do mundo todo buscam melhores ofertas de emprego e condições de vida no Canadá, um país bastante receptivo e que estimula a entrada de mão de obra qualificada em seu território. Para os interessados em morar e trabalhar no país, existem diversos programas de imigração: para trabalhadores, estudantes, famílias, refugiados, etc. O mais comum e que normalmente atende as necessidades de brasileiros que ainda não têm vínculos com o Canadá, mas possuem experiência de trabalho, educação básica e falam inglês ou francês é o chamado Express Entry.

Desde janeiro de 2015, o sistema mudou, e agora a maior parte das inscrições é processada em menos de seis meses. Grande parte dos imigrantes já não será avaliada pela ordem de envio do pedido de inscrição, como costumava acontecer em processos anteriores, mas sim por suas habilidades, experiências no mercado de trabalho e conhecimento das línguas locais.

Com o novo sistema, também é possível conectar empregadores no Canadá com imigrantes em busca de trabalho pelo mundo. Dessa forma, o país supre sua necessidade por mão de obra, facilita a procura por emprego dos imigrantes e ainda garante que as pessoas entrando em seu território serão, de fato, produtivas. Elaboramos um passo a passo simplificado para ajudar os brasileiros que desejam solicitar o visto de residência permanente no Canadá.

1. Teste de perfil

 

Para saber se você se encaixa no padrão de “imigrante qualificado” do Express Entry, basta responder o questionário (em inglês ou francês) disponível no site do governo com algumas informações básicas. De acordo com as respostas dadas, o sistema estipula qual o programa de imigração mais indicado.

2. Candidatura

Caso você se enquadre no perfil do Express Entry, o primeiro passo para solicitar o visto é se cadastrar no banco de dados do programa. O candidato deve fornecer informações relativas a habilidades, experiência profissional, conhecimento em inglês e francês, educação e outros dados. As habilidades em inglês e francês são confirmadas por testes, que devem ser realizado antes do preenchimento do perfil. No formulário o candidato deve informar sua pontuação final no teste.

Esse perfil será usado para ranquear os candidatos, com pontos atribuídos de acordo com requisitos e características desejadas pré-estabelecidos. Não há garantia que o candidato irá receber o convite para se aplicar para residência permanente somente completando o perfil on-line, já que esse convite é enviado somente às pessoas que atingirem o topo da pontuação. As habilidades em que o candidato se destaca e o emprego que pretende ter no Canadá também ficarão disponíveis no banco de dados do Governo Canadense e as empresas e províncias terão acesso a isso, facilitando o contato e a contratação.

Prepare-se pra imigrar, faça um preparatório IETLS Buchman!
CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

 

3. Inscrição, documentos e taxas

Os candidatos que se cadastraram serão então ranqueados com base nas informações disponíveis em seus perfis, e os mais bem cotados receberão um convite para se inscreverem como imigrantes. O próximo passo é preencher o formulário on-line. Quando todos os campos forem preenchidos corretamente, o sistema gera uma lista de documentos personalizada, com todos os certificados que deverão ser anexados eletronicamente ao seu formulário. Alguns dos documentos exigidos são passaporte, resultado final nos testes de língua estrangeira, declaração de renda, exames médicos e histórico criminal. Os solicitantes também devem pagar as taxas de inscrição. As duas obrigatórias são a taxa de processamento e de Direito de Residência Permanente, que são pagas por pessoa. Algumas outras taxas como de tradução de documentos, dos exames médicos e dos testes de inglês e francês também podem ser solicitadas.

4. Confirmação

O Escritório de Cidadania e Imigração do Canadá (CIC, na silga em inglês) toma a decisão de aprovar ou não a solicitação por visto de residência permanente baseando-se na adequação do candidato aos critérios do programa e nos resultados dos exames médicos, de histórico criminal, financeiro etc. Em alguns casos, antes de receber a confirmação, os solicitantes devem enviar alguns documentos adicionais ou comparecer a uma entrevista. Caso a solicitação seja aprovada, será emitido uma Confirmação de Residência Permanente (COPR, na sigla em inglês) e um visto de residência permanente, no caso de brasileiros e cidadãos de outras nações das quais o visto é exigido. O COPR contém informações básicas sobre o imigrante e uma fotografia.

É importante seguir todas as instruções presentes na carta que é recebida junto com os documentos de imigração, para que a entrada no Canadá seja feita de forma tranquila.

5. Preparação para instalação no Canadá

O CIC disponibiliza em seu site informações básicas que ajudam os imigrantes recém-chegados ao Canadá com orientações sobre saúde pública, lugares para viver, trabalho etc. Além disso, o sistema de imigração também oferece serviços no Canadá para auxiliar na adaptação, aulas de inglês e francês e informações sobre serviços comunitários.

Pronto pra imigrar? Faça um preparatório IETLS Buchman!
CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!

 

 

Fale inglês agora!
Preencha o formulário:

Me retorne: Telefone (manhã)Telefone (tarde)Telefone (noite)